Sobre o autor

Conheça um pouco sobre o criador de Rebeca von Weisheit.

Know a little about the creator of Rebeca von Weisheit.


Marco Buzetto, brasileiro do interior paulista, descendente de italianos imigrados para o Brasil no século 19, começou escrever seus trabalhos aos 14 anos de idade. Peças de teatro, livretos, fanzines, entre outros materiais rápidos se desenvolveram. Aos 15 anos, baseando-se em uma peça de teatro que escrevera aos 14 anos, finalizou seu primeiro livro, intitulado Amor e Morte; mas nunca foi publicado... ainda.

Marco Buzetto, Brazilian guy from São Paulo state, descendant of Italian immigrants to Brazil in the 19th century, his works began writing at 14 years. Plays, pamphlets, zines, and other materials developed fast. At age 15, based on a play he had written at age 14, finished his first book, entitled Love and Death, but was never published… yet.

Se graduou em História e pós-graduou-se em Filosofia aplicada à Educação, em março de 2010 publicou seu primeiro livro, "Monte Alto, O Aquário de Sangue", como escritor independente.

Majored in history and post-graduated in Philosophy applied to education, in March 2010 published his first book, "Monte Alto, Aquarius Blood" as freelance writer.

Após realizar trabalhos culturais em várias áreas, como ativista e militante cultural, em 2010 fundou um coletivo cultural chamado Culturama – Movimento de Ativismo Cultural em Comunidade; com o qual realiza atividades culturais e sócio-educativas em parceria com entidades e organizações de mesmo ideal. Entre suas atividades estão: mostras de artes; debates político-culturais; encontros de filosofia e artes integradas, eventos musicais; entre outras, todas realizadas sem custo ao público.

After performing cultural works in many areas, such as activist and cultural activist, in 2010 founded a collective called cultural Culturama - Movement Cultural Activism in Community, with which conducts activities cultural and socio-educational in partnership with agencies and organizations with the same ideal. Between their activities are: arts shows, political and cultural debates, meetings and philosophy of integrated arts, music events, among others, all performed without cost to the public.

Em 2012, foi inaugurado o Ponto de Leitura Culturama Letras, uma conquista do ativismo cultural e literário de Marco, em parceria com o Ministério da Cultura do Brasil, e a Associação de Gestão Cultural no Interior Paulista – AGCIP. O projeto, uma biblioteca, conta com diversas atividades culturais, ligadas ao mundo da literatura, explorando também ações interligadas com outras artes, tornado o projeto ainda mais rico para o deleite gratuito do público em geral.

In 2012, it opened the Point Reading Culturama Letters, a conquest of cultural and literary activism, in partnership with the Ministry of Culture of Brazil, and the Association of Cultural Management of the São Paulo State - AGCIP. The project, a library, has several cultural activities, linked to the world of literature, exploring actions also interconnected with other arts, design become even richer treat for free of the public.

Rebeca von Weisheit - O livro/The Book

No ano de 2012, Marco Buzetto decidiu não lecionar, e voltar suas atividades culturais para a continuidade de criação de um novo livro, chamado “Rebeca, Alguns não pecam por nada”.
Este novo livro começou ser escrito no dia 6 de janeiro de 2010, e foi finalizado exatamente 2 anos depois. É um livro, segundo o autor, basicamente sobre Amor e Solidão. Um livro que aborda de maneira profunda os sentimentos mais comuns na sociedade, e que de maneira proposital, torna-se quase hipnótico ao leitor.

At 2012, Marco decided not to teach, and return to its cultural continuity creation of a new book, called "Rebeca – Some do not sin for nothing."
This new book began to be written on January 6, 2010, and was completed exactly two years later. It is a book, according to the author basically about Love and Loneliness. A book that covers so deep feelings more common in society, and that on purpose, it becomes almost hypnotic to the reader.

O livro também parece ser uma exteriorização autobiográfica do autor, com passagens bastante extravagantes e, ainda hoje, pouco usuais na vida de uma garota, no caso de Rebeca.
Rebeca também se utiliza de sua abordagem filosófica neste livro, contestando a cada página a vida de qualquer um que se deite com ela, em atos sexuais que envolvem muitos questionamentos, bebida alcoólica, lágrimas, sorrisos e quantidades industriais de orgasmos.

The book also seems to be a exteriorization of the autobiographical author, with passages quite extravagant and even today, unusual in the life of a girl, in the case of Rebekah.
Rebecca also uses his philosophical approach in this book, each page contesting the life of anyone who lies down with her into sexual acts that involve many questions, booze, tears, smiles and industrial quantities of orgasms.

“Rebeca – Some do not sin for nothing”, passou por um ano de revisões e reedições constantes, para que se pudesse obter o máximo de prazer intelectual aos leitores.
Finalmente, no mês de Fevereiro de 2013, Rebeca von Weisheit finalmente ganha as ruas e o mundo pela editora Copacabana Books.
Um livro, uma história, dezenas de experiências fora do comum e do controle, que mantém os olhos e bocas de todos bem abertos.

“Rebeca – Some do not sin for nothing”, went through a year of constant reviews and rewrites, so that they could get as much intellectual pleasure to readers.
Finally, in February 2013, Rebecca von Weisheit ultimately wins the streets and the world by publishing Copacabana Books.
A book, a story, dozens of unusual experiences and control, which keeps eyes and mouths wide open to all.

 --

Veja também: